segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Dicas de convivência para viagem em grupo

Quando viajamos em grupo devemos nos preocupar com o bem estar de todos e não o contrário. Por isso, elaboramos algumas dicas de convivência para garantir a harmonia dos grupos durante as viagens.


AEROPORTOS, BAGAGENS E OBJETOS PESSOAIS
01. O passaporte deve ficar com o passageiro durante toda a viagem;
02. As companhias aéreas permitem 2 bagagens de 32kg por passageiro nos voos internacionais, mas os ônibus comportam somente 20kg por poltrona. Lembre-se disso quando estiver preparando a bagagem;
03. Leve somente bolsas, mochilas e malas que puder carregar, ou seja, não responsabilize outras pessoas pelos seus pertences;
04. Não aceite pacotes, nem se comprometa em vigiar bagagens de estranhos nos aeroportos e hotéis;
05. Atrasos e cancelamentos de voos são comuns. Quando isso acontecer, mantenha a calma e aguarde as orientações do guia Caminhos;
06. Evite trazer alimentos não industrializados para o Brasil. Os oficiais da alfândega podem apreender o produto e denunciar o viajante ao Ministério Público.

ÔNIBUS
07. Não entre no ônibus sem ter certeza de que sua mala está no bagageiro do veículo; 
08. As primeiras poltronas são dos guias do grupo. As outras devem ser ocupadas respeitando um sistema de rodízio;
 
09. Não ande, nem fique em pé no corredor quando o ônibus estiver em movimento;
 
10. Devemos nos comportar no ônibus como deveríamos nos comportar em casa: sujou, limpou!

HOTÉIS E RESTAURANTES
11. Faça uma lista dos itens consumidos e telefonemas realizados nos hotéis para facilitar o check-out;
12. Faça sua higiene antes de sair dos hotéis e restaurantes, pois não é fácil encontrar locais adequados durante os passeios. Além disso, ao utilizar os banheiros das lojas de conveniência, lembre-se de consumir algo para "pagar" a cortesia;
13. Antes de ocupar uma mesa nos restaurantes certifique-se de que ela esteja livre. Se estiver suja, peça ao garçom para limpá-la antes de sentar-se. Ao fazer isso você evitará cobranças indevidas;
14. Como não são todos os restaurantes que atendem grupos com exclusividade, respeite os outros clientes fazendo o mínimo de barulho durante as refeições;
15. Respeite os guias durante as refeições. Esse é um dos poucos momentos de descanso que eles têm;
16. Pague sua conta mesmo que ninguém venha cobrá-lo. Lembre-se que, quando viajamos, somos os embaixadores do Brasil no exterior;
17. Pouco praticado no Brasil o ato de dar gorjeta é comum, e esperado, em boa parte do mundo. Por isso bonifique garçons e maleteiros sempre que utilizar seus serviços.

COMPORTAMENTO PESSOAL
18. Seja higiênico ao usar o banheiro que você divide com seu companheiro de quarto; 
19. Respeite o sono do seu colega. Não faça barulho, nem ligue a luz sem necessidade;
 
20. Não deixe o ronco ser motivo de constrangimento e ofensas. Resultado de um problema fisiológico ele pode ser interrompido com um simples toque, fazendo a pessoa mudar de posição;
 
21. Não quebre galhos, nem arranque folhas e flores sob o pretexto de possuir lembranças dos lugares visitados. A depredação impede que outras pessoas contemplem o ambiente do jeito que nós o conhecemos;
22. A comunicação com o Brasil é de responsabilidade do passageiro. Converse e decida com sua família e amigos qual é a melhor maneira de vocês manterem contato durante a viagem.

DURANTE AS ATIVIDADES
23. Não se atrase para as atividades do grupo. Pontualidade é a arte de não desperdiçar tempo alheio;
24. Ande sempre atrás dos guias. Nunca na frente;
25. Os calçados devem ser fechados e confortáveis. Evite usar sapatos de salto, sandálias e chinelos durante as atividades, pois torções e fraturas em pés, tornozelos e joelhos são comuns;
26. Respeite os colegas durante as explicações do guia. Faça silêncio e aguarde o término da apresentação para tirar dúvidas e fotos;
27. Caso você precise se afastar do grupo por algum motivo, como ir ao banheiro, comunique o guia. Espere sua aprovação ou, pelo menos, a confirmação de que ele ouviu e te entendeu claramente;
28. Ninguém é obrigado a seguir a programação contratada, desde que avise o guia antes de se ausentar;
29. Se perdeu? Não se desespere! O primeiro passo é manter a calma. O segundo é ligar para o celular do guia Alliance, que está no seu crachá, ou esperar no local até o acharem. Se ninguém vier ao seu encontro em 2 horas pegue um táxi para o hotel. Os endereços também estão no crachá.

IGREJAS, CAPELAS E LOCAIS SAGRADOS
30. As Igrejas e Santuários são locais de oração e meditação. Respeite-os fazendo silêncio antes de entrar, durante a visita e na saída;
31. Como alguns desses lugares não permitem a entrada de pessoas com pernas e ombros descobertos, evite usar bermudas e shorts com corte acima dos joelhos, além de levar um lenço ou echarpe para cobrir os ombros;
32. Nos lugares em que for permitido fotografar desligue o
 flash e respeite os momentos de reflexão.

DINHEIRO E COMPRAS
33. Não manuseie dinheiro na frente de desconhecidos. Faça isso no quarto do hotel, antes de sair para as atividades;
34. Evite pedir dinheiro emprestado aos colegas do grupo. Você pode se esquecer do empréstimo e causar constrangimento no futuro;
35. Como haverá momentos específicos para as compras, evite atrapalhar o grupo com paradas não programadas;
36. Os guias locais conduzem os grupos para as lojas de sua confiança, mas ninguém é obrigado a comprar nelas. Pesquise e adquira somente o que lhe agradar;
37. Se houver tempo e o guia Caminhos consentir, os passageiros poderão comprar no
 Duty Free e recolher o dinheiro do imposto no Tax Free dos aeroportos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário